Calendário Econômico

Calendário forex

Quais são os próximos eventos que moverão o mercado? Quando é que uma tendência de alta (bullish trend) ou uma tendência de baixa (bearish trend) terá a possibilidade de se instalar e como irá afetar o mercado?

Para os negociadores, a tomada de decisões é crucial. Estabelecer um objetivo de investimento e a escolha de um instrumento financeiro específico para ajudar a efetuar as operações de mercado podem gerar os retornos esperados sobre o investimento se tiver conhecimento sobre o que move o mercado e quando é a altura certa para entrar ou sair das negociações.

O calendário económico da XM fornece informações úteis de eventos macroeconómicos já programados por meios de noticiários pré-programados e relatórios estaduais sobre indicadores económicos que influenciam os mercados financeiros. Isto irá ajudá-lo não somente a acompanhar uma maior gama de eventos económicos que continuamente influenciam os movimentos de mercado, mas também a tomar as decisões de investimento corretas. Já que as reações de mercado aos eventos económicos globais são rápidas, será útil saber de antemão esses eventos programados e se adaptar segundo as suas estratégias de trading.

Tanto no mercado em alta como no mercado em baixa existem oportunidades - contanto que saiba qual terá mais probabilidades de se estabelecer e quais as mudanças que trará consigo. É aqui que o calendário económico da XM irá realmente ajudá-lo.

Indicadores do calendário económico

Ao utilizar o calendário económico da XM de forma regular, poderá acompanhar o cronograma de lançamento de vários índices económicos e preparar-se para movimentos significativos no mercado. Os indicadores económicos podem ajudá-lo a considerar negociações dentro do contexto dos eventos económicos e entender melhor as oscilações dos preços no decorrer destes eventos. Ao acompanhar os índices do PIB, por exemplo, ou a inflação e o desemprego, poderá antecipar volatilidades do mercado e potencialmente ter potenciais oportunidades de negociação em tempo útil.

Abaixo estão listados os principais indicadores económicos.

Índice de Confiança do Consumidor (ICC)

Um relatório mensal resultante da sondagem de mais de 5.000 domicílios. Ele mede o nível de confiança e o poder de compra do consumidor (por exemplo, um drástico decréscimo neste índice poderia indicar uma economia em recessão).

Índice de Preços do Consumidor (IPC)

Uma estimativa estatística que mede as mudanças nos preços dos serviços e bens de consumo. O IPC é utilizado para medir a inflação, uma vez que inclui as mudanças dos preços de mais de 200 categorias de bens e serviços.

Encomendas de Bens Duráveis

Um relatório mensal que indica a atividade de produção futura com indicação de novas encomendas feitas aos produtores domésticos para a entrega de bens duráveis.

Índice de Custo de Emprego (ICE)

Um relatório económico trimestral que indica as tendências de acréscimo e decréscimo do custo de emprego. Este índice mede a inflação nos salários e nos benefícios pagos pelo empregador nos Estados Unidos.

Produto Interno Bruto (PIB)

Este índice indica o crescimento económico de um país e é calculado com base na produção de produtos, receitas e despesas. O PIB é muitas vezes correlacionado com o padrão de vida. É o valor de mercado de todos os bens e serviços produzidos por um país num determinado período de tempo.

Deflator do Produto Interno Bruto

Uma medida dos níveis de preços para todos os bens e serviços numa economia. A utilização do deflator ajuda a calcular a diferença entra o PIB nominal e o PIB real.

Produção Industrial (PI)

Um indicador da produção do setor industrial (por exemplo, manufatura e mineração). Indica a capacidade industrial de um país.

Produção Industrial e Capacidade de Utilização

Um relatório mensal pela Reserva Federal dos Estados Unidos, que mede a atividade económica, mostrando dados do mês anterior do valor total produzido na indústria. Este relatório visa aconselhar a compra e venda em certas indústrias.

Comercio Internacional (Saldo da Balança Comercial)

Mede a diferença entre as importações e exportações de todos os bens e serviços. As mudanças nas importações e exportações, bem como o nível da balança comercial, indicam as tendências de mercado.

Instituto de Pesquisas Económicas

A pesquisa é baseada nos mais recentes dados económicos de mais de 7.000 líderes empresariais alemães. Fornece um resumo da situação económica atual e futura da Alemanha e da Europa.

Associação Nacional dos Gestores de Compras (NAPM)

Mede a economia em geral, inclusive o setor de produção em particular. Considera o resultado da sondagem de mais de 250 companhias em todos os estados norte-americanos e calcula dados de produção, novas encomendas e o nível de emprego.

Folha de Pagamentos do Setor Industrial Não-Agrícola (Non-farm Payroll Employment)

Um relatório mensal fornecido pelo Ministério do Trabalho dos Estados Unidos, que fornece dados estatísticos sobre o estado atual do mercado de trabalho dos Estados Unidos. É também utilizado para projetar futuros níveis de atividade económica.

Índice de Preços ao Produtor (IPP)

Um indicador económico frequentemente utilizado, que mede a média das mudanças nos preços de venda recebidos pelos produtores internos em manufatura, mineração, utilidade elétrica e agricultura.

Índice dos Gestores de Compras (PMI - Purchasing Managers Index)

Indica a atividade económica e mostra a percentagem de empregados encarregados da compra de bens e/ou serviços num setor económico específico. Um PMI acima de 50 normalmente indica uma economia em expansão, enquanto abaixo de 50 indica uma economia em recessão.

Vendas a retalho

Um relatório mensal que mede os gastos do consumidor (um indicador essencial nos Estados Unidos). Pode ser utilizado para medir a direção mais imediata da economia, pois tem como base uma vasta gama de dados de gastos dos consumidores.

Tankan (Observação da Economia em Curto Prazo)

Uma sondagem trimestral elaborada pelo Banco do Japão sobre a situação da economia Japonesa. Afeta de forma considerável as taxas de câmbio e as ações e, assim sendo, é considerado o maior índice económico no Japão.

Taxa de Desemprego

O percentual de desempregados, medido pela relação de pessoas que estão sem emprego, mas querem ou estão disponíveis para trabalhar, com o número total de pessoas economicamente ativas. É um indicador retardatário, pois muda segundo a economia, e mostra futuras taxas de juros e políticas monetárias.

Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência no nosso website. Ler mais ou alterar as configurações de cookies.

Aviso de risco: O seu capital está em risco. Os produtos alavancados podem não ser adequados para todos. Recomendamos que consulte a nossa Divulgação de Riscos.