Oil hedge funds caught between sanctions and recession: Kemp



By John Kemp

LONDON, May 16 (Reuters) - Portfolio investors have left their petroleum positions essentially unchanged for the last nine weeks as loss of production from Russia is matched by loss of consumption from China and Europe.

Hedge funds and other money managers held a net position in the six most important petroleum-related futures and options contracts of 548 million barrels on May 10 compared with 553 million on March 15.

Over the last nine weeks, the net position has averaged 552 million barrels, ranging by just 30 million barrels from a low of 539 million to a high of 569 million (Link).

The absence of significant changes for such a long period is unusual and implies fund managers have few strong convictions about the direction of crude or fuel prices.

The most recent week saw small sales of NYMEX and ICE WTI (-4 million barrels), Brent (-2 million), U.S. gasoline (-5 million) and European gas oil (-2 million) but purchases of U.S. diesel (+3 million).

Overall, bullish long positions outnumber bearish short ones by a ratio of almost 5:1 (64th percentile since 2013) but the net position is just 548 million barrels (38th percentile), confirming the lack of conviction.

On the bullish side, global petroleum inventories are low, OPEC+ and U.S. shale producers continue to restrain output increases, and sanctions threaten to disrupt Russia’s oil production and exports.

On the bearish side, however, crude and fuel prices are already high in real terms, consumption in China has been reduced by coronavirus lockdowns, and all the major economies show signs of slowing economic growth.

The number of open futures positions held by all classes of trader declined by a further 48 million barrels last week, and is down by a total of 1,169 million barrels since the middle of February to the lowest since June 2015.

Related columns:

- Hedge funds adjust to new normal in oil (Reuters, May 9)

- U.S. distillate stocks fall critically low (Reuters, May 5)

- Global manufacturers lose momentum as inflation worsens (Reuters, May 3)

- Oil prices paralysed between Russia sanctions and China lockdowns (Reuters, April 25)

John Kemp is a Reuters market analyst. The views expressed are his own
Editing by Kirsten Donovan

Isenção de Responsabilidade: As entidades do XM Group proporcionam serviço de apenas-execução e acesso à nossa plataforma online de negociação, permitindo a visualização e/ou uso do conteúdo disponível no website ou através deste, o que não se destina a alterar ou a expandir o supracitado. Tal acesso e uso estão sempre sujeitos a: (i) Termos e Condições; (ii) Avisos de Risco; e (iii) Termos de Responsabilidade. Este, é desta forma, fornecido como informação generalizada. Particularmente, por favor esteja ciente que os conteúdos da nossa plataforma online de negociação não constituem solicitação ou oferta para iniciar qualquer transação nos mercados financeiros. Negociar em qualquer mercado financeiro envolve um nível de risco significativo de perda do capital.

Todo o material publicado na nossa plataforma de negociação online tem apenas objetivos educacionais/informativos e não contém — e não deve ser considerado conter — conselhos e recomendações financeiras, de negociação ou fiscalidade de investimentos, registo de preços de negociação, oferta e solicitação de transação em qualquer instrumento financeiro ou promoção financeira não solicitada direcionadas a si.

Qual conteúdo obtido por uma terceira parte, assim como o conteúdo preparado pela XM, tais como, opiniões, pesquisa, análises, preços, outra informação ou links para websites de terceiras partes contidos neste website são prestados "no estado em que se encontram", como um comentário de mercado generalizado e não constitui conselho de investimento. Na medida em que qualquer conteúdo é construído como pesquisa de investimento, deve considerar e aceitar que este não tem como objetivo e nem foi preparado de acordo com os requisitos legais concebidos para promover a independência da pesquisa de investimento, desta forma, deve ser considerado material de marketing sob as leis e regulações relevantes. Por favor, certifique-se que leu e compreendeu a nossa Notificação sobre Pesquisa de Investimento não-independente e o Aviso de Risco, relativos à informação supracitada, os quais podem ser acedidos aqui.

Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência no nosso website. Ler mais ou alterar as configurações de cookies.

Aviso de risco: O seu capital está em risco. Os produtos alavancados podem não ser adequados para todos. Recomendamos que consulte a nossa Divulgação de Riscos.