Quebec allows sick patients to request assisted death in advance



<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"><head><title>UPDATE 1-Quebec allows sick patients to request assisted death in advance</title></head><body>

Adds reaction from federal government

OTTAWA, June 8 (Reuters) -Quebec is expanding its program of assisted medical death and will become the first Canadian province to allow sick people to put in an advance request for help in dying before they become incapacitated.

The measure will permit people suffering from Alzheimer's and other serious diseases to apply for assistance in ending their lives while they are still deemed to be in control of their faculties.

The move could set up a clash with the federal government, which drew up the law on medical assistance in dying. Quebec Health Minister Sonia Belanger said she planned to have talks with Ottawa, given the law as it currently stands does not allow advance requests of the kind Quebec has approved.

Quebec was able to expand the program because while the federal government is responsible for the Criminal Code, provinces are largely in control of healthcare.

A spokesperson for federal Justice Minister David Lametti said the government "is aware" of the bill.

"We will be studying this legislation and its implications closely, and will be working with our Quebec counterparts on this matter," Diana Ebadi wrote in an email.

The legislature in Quebec, the second most populous of the 10 provinces, voted overwhelmingly in favor of the measure on Wednesday. People deemed admissible can request an assisted death up to 24 months in advance.

"With advance requests, people affected by a cognitive neurodegenerative disease who want medical assistance in dying can finally have a peaceful end of life," said Georges L'Esperance, president of the Quebec Association for the Right to Die with Dignity.

The federal government, already under criticism over how broad the law is, has moved to exclude people suffering solely from mental illness from pursuing assisted death for an additional year.

Canada's assisted dying framework is under fire from disability advocates who say it has become easier to access assisted death than it is to access resources or supports that would make life more bearable.



Reporting by David Ljunggren
Editing by Chris Reese and Deepa Babington

</body></html>

Isenção de Responsabilidade: As entidades do XM Group proporcionam serviço de apenas-execução e acesso à nossa plataforma online de negociação, permitindo a visualização e/ou uso do conteúdo disponível no website ou através deste, o que não se destina a alterar ou a expandir o supracitado. Tal acesso e uso estão sempre sujeitos a: (i) Termos e Condições; (ii) Avisos de Risco; e (iii) Termos de Responsabilidade. Este, é desta forma, fornecido como informação generalizada. Particularmente, por favor esteja ciente que os conteúdos da nossa plataforma online de negociação não constituem solicitação ou oferta para iniciar qualquer transação nos mercados financeiros. Negociar em qualquer mercado financeiro envolve um nível de risco significativo de perda do capital.

Todo o material publicado na nossa plataforma de negociação online tem apenas objetivos educacionais/informativos e não contém — e não deve ser considerado conter — conselhos e recomendações financeiras, de negociação ou fiscalidade de investimentos, registo de preços de negociação, oferta e solicitação de transação em qualquer instrumento financeiro ou promoção financeira não solicitada direcionadas a si.

Qual conteúdo obtido por uma terceira parte, assim como o conteúdo preparado pela XM, tais como, opiniões, pesquisa, análises, preços, outra informação ou links para websites de terceiras partes contidos neste website são prestados "no estado em que se encontram", como um comentário de mercado generalizado e não constitui conselho de investimento. Na medida em que qualquer conteúdo é construído como pesquisa de investimento, deve considerar e aceitar que este não tem como objetivo e nem foi preparado de acordo com os requisitos legais concebidos para promover a independência da pesquisa de investimento, desta forma, deve ser considerado material de marketing sob as leis e regulações relevantes. Por favor, certifique-se que leu e compreendeu a nossa Notificação sobre Pesquisa de Investimento não-independente e o Aviso de Risco, relativos à informação supracitada, os quais podem ser acedidos aqui.

Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência no nosso website. Ler mais ou alterar as configurações de cookies.

Aviso de risco: O seu capital está em risco. Os produtos alavancados podem não ser adequados para todos. Recomendamos que consulte a nossa Divulgação de Riscos.