U.S. urges G20 to press Russia to reopen sea lanes for grain delivery



WASHINGTON, July 5 (Reuters) - Food and energy security will figure prominently in a meeting of G20 foreign minister in Bali this week and the group's members should insist Russia support U.N. efforts to reopen sea lanes blocked by Moscow's war in Ukraine, a senior U.S. official said on Tuesday.

Ramin Toloui, assistant secretary of state for economic and business affairs, told reporters Secretary of State Antony Blinken would raise energy security in the main G20 ministers' session on Friday and in bilateral meetings in Bali.

"G20 countries should hold Russia accountable and insist that it support ongoing U.N. efforts to reopen the sea lanes for grain delivery," he said, referring to an initiative to try to get Ukrainian and Russian foodstuffs and fertilizer to global markets.

"Whether that happens at the level of the G20, or the level of individual G20 countries, that's an important point that Secretary Blinken will make," he said.

The top U.S. diplomat for East Asia, Daniel Kritenbrink, told the same briefing he expected a "candid" exchange on Ukraine when Blinken meets China's Foreign Minister Wang Yi on the G20 sidelines.

"This will be another opportunity ... to convey our expectations about what we would expect China to do and not to do in the context of Ukraine," he said.

Shortly before Russia's Feb. 24 invasion of Ukraine, China and Russia announced a "no limits" partnership. But U.S. officials have said they have not seen China evade U.S.-led sanctions on Moscow or provide military equipment to Russia.

China has though refused to condemn Russia's actions and has criticized the sweeping Western sanctions.

U.S. officials have warned of consequences, including sanctions, should China start offering material support for Russia's war effort.

Washington calls China its main strategic rival and its concerned it might one day attempt to take over the self-ruled democratic island of Taiwan by force, just as Russia attacked Ukraine.

Kritenbrink said it was "absolutely critical" to maintain open lines of communication with America's Chinese counterparts "to ensure that we prevent any miscalculation that could lead to inadvertently to conflict and confrontation."
Reporting by David Brunnstrom, Eric Beech and Humeyra Pamuk, Editing by Rosalba O'Brien and Grant McCool

Isenção de Responsabilidade: As entidades do XM Group proporcionam serviço de apenas-execução e acesso à nossa plataforma online de negociação, permitindo a visualização e/ou uso do conteúdo disponível no website ou através deste, o que não se destina a alterar ou a expandir o supracitado. Tal acesso e uso estão sempre sujeitos a: (i) Termos e Condições; (ii) Avisos de Risco; e (iii) Termos de Responsabilidade. Este, é desta forma, fornecido como informação generalizada. Particularmente, por favor esteja ciente que os conteúdos da nossa plataforma online de negociação não constituem solicitação ou oferta para iniciar qualquer transação nos mercados financeiros. Negociar em qualquer mercado financeiro envolve um nível de risco significativo de perda do capital.

Todo o material publicado na nossa plataforma de negociação online tem apenas objetivos educacionais/informativos e não contém — e não deve ser considerado conter — conselhos e recomendações financeiras, de negociação ou fiscalidade de investimentos, registo de preços de negociação, oferta e solicitação de transação em qualquer instrumento financeiro ou promoção financeira não solicitada direcionadas a si.

Qual conteúdo obtido por uma terceira parte, assim como o conteúdo preparado pela XM, tais como, opiniões, pesquisa, análises, preços, outra informação ou links para websites de terceiras partes contidos neste website são prestados "no estado em que se encontram", como um comentário de mercado generalizado e não constitui conselho de investimento. Na medida em que qualquer conteúdo é construído como pesquisa de investimento, deve considerar e aceitar que este não tem como objetivo e nem foi preparado de acordo com os requisitos legais concebidos para promover a independência da pesquisa de investimento, desta forma, deve ser considerado material de marketing sob as leis e regulações relevantes. Por favor, certifique-se que leu e compreendeu a nossa Notificação sobre Pesquisa de Investimento não-independente e o Aviso de Risco, relativos à informação supracitada, os quais podem ser acedidos aqui.

Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência no nosso website. Ler mais ou alterar as configurações de cookies.

Aviso de risco: O seu capital está em risco. Os produtos alavancados podem não ser adequados para todos. Recomendamos que consulte a nossa Divulgação de Riscos.